O que você faz para Fidelizar o seu cliente?


#1

Todo dia surgem novos perfis oferecendo produtos artesanais para a venda. A reclamação constante de artesãs preocupadas com a concorrência desleal por parte de outras, mercado com mais oferta que procura, dentre outros motivos que contribuem para a alta concorrência.

Depois de muito pensar e analisar a situação, me veio o seguinte questionamento: “E você? O que você faz para Fidelizar o seu cliente?”

Mas você tem realmente clientes ou só consumidores?

Você sabe a diferença entre os dois?

Essas duas palavras até possuem significados parecidos: cliente e consumidor, são comumente confundidas por muitas pessoas, no entanto elas não têm o mesmo significado e saber essa diferença pode ser uma grande vantagem para o seu trabalho.

Resumindo o consumidor é aquele que compra sem criar nenhum tipo de vínculo com o seu trabalho, geralmente ele busca o menor preço.

Já o cliente é aquele que ao pensar em comprar um produto, lembra imediatamente do seu trabalho, já que ele baseando-se muito em suas experiências de compras anteriores, ou em indicações de amigos e familiares, sabe que será uma compra segurança e prática.

Fazendo uma busca rápida na internet você encontra inúmeras postagens citando formas de fidelizar clientes, aumentar as suas vendas, melhorar a sua produtividade, aumentar ganhos e por aí vai.

Deixando tudo isso de lado, sendo honestas comigo, o que vocês realmente fazem, quais técnicas que vocês testaram e deram resultados, ou aquelas que na teoria tinham tudo pra dá certo, mas no final das contas não te trouxeram retorno algum?

Não importa com qual tipo de artesanato você trabalha, me conta como você faz pra fidelizar os seus clientes!!

Me contem também como anda a taxa de retorno dos seus clientes?
Ou você ultimamente só tem consumidores?

Me contem TUDO, não me escondam nada! :writing_hand: :eyes:

Conteúdo publicado originalmente por Bonek de Crochê!


#2

Achei legal a abordagem do assunto …de forma clara …e ainda explicou a diferença em consumidor e cliente …q pode parecer bobagem ,mas não é …a forma q foi escrito o testo ficou parecendo uma conversa …e consigo facilmente me imaginar com uma caneca de café na mão lendo o texto .


#3

Obrigada Camila :smiling_face_with_three_hearts:


#4

Achei bem pertinente o post, querendo ou não, atuar com artesanato traz um diferencial no produto e fabricação. Depois de ler o post vi que o relacionamento com o consumisor também dever ser diferenciado, buscando essa ligação mais próxima e transformando-o em cliente. Nossa, bem interessante Alcione, essa reflexão foi nova. Da hora


#5

Verdade Paulo, acho que isso foi o que mais contribuiu para aumentar as minhas vendas quando morava em São Paulo.

Eu focava demais nessa boa relação, e no último ano a taxa de pessoas que vinham por indicação ou que sempre retornavam pra comprar era de quase 70%, ficando 30% para clientes novos.


#6

Também gostei muito do assunto, alem de se preocupar com a qualidade do produto, pensar mais no cliente, muito obrigada Alcione! :clap:


#7

Flávia vou criar depois um tópico só com as dicas que eu venho praticando.
Mas primeiro quero saber de vcs, o que vcs fazem?

Acho esse tema muito pertinente.

:smiley:


#8

Pra mim um tema difícil. São poucas pessoas que retornam, pois meu trabalho na maioria é de 1 venda só ( Guirlandas de Maternidade). Procuro sempre conversar com a cliente, pois preciso de muita informação pra fazer um trabalho exclusivo. Já mandei mimos junto com a encomenda, pra ser aquele algo à mais que ninguém espera, mas nunca sequer me agradeceram, rsrsrs. Mas recebo muitos contatos por indicação de outras clientes. E como uma falou outro dia: Ninguém tem o jeitinho Flávia de se trabalhar. Acho que é isso. Preciso trabalhar mais essa fidelização.


#9

Este post foi divisor pra mim, por exemplificar o que é cliente, por eu trabalhar numa feira, quase nunca tenho cliente e sim consumidor. Grata pela explicação.


#10

@Katialopez mas você pode tentar fidelizar esses consumidores, tenta deixar uma lembrancinha com eles e junto seu cartão com contato, redes sociais.

Isso vai fazer com que eles lembrem de você futuramente. :heart_eyes:


#11

Procuro fazer um trabalho impecável.


#12

Há 8 anos trabalho em uma feira aos sábados e lá tenho clientes. Foi dificil, há necessidade de conquista e de transparência com o seu trabalho. A qualidade do trabalho costuma fidelizar, o atendimento diferenciado procurando entender a necessidade do cliente e o atendimento para encomendas. Cumprir prazos tb faz com que sempre voltem . Tb não pego trabalhos doa quais não darei conta ou não quero fazer mesmo. Em datas comemorativas dou pequenas lembranças aos que estão sempre comigo.

Tenho clientes que vi crescer desde a barriga da mãe e hj passam pra comprar o presentinho pro aniversário do amiguinho e me dar um abraço e um beijo.

Para mim, a honestidade com seu trabalho e com seu consumidor inicial transformam esse em cliente fiel.

Cada um deve tentar compreender quem está atendendo e como chegar ao coração dele como o seu trabalho.


#13

@Simone_Santos pensamos igual, parabéns por tanta delicadeza, tenho certeza que deve ter muitos clientes!

Parabéns! :smiling_face_with_three_hearts:


#14

Obrigada!!! Acompanho seu trabalho e suas dicas! Sempre muito corretas e sensatas.


#15

Gratidão!

Seja bem vinda mais uma vez, espero manter contato com vc!
Com certeza vc tem muita experiência, e eu adoro aprender sempre, conto com mais participações suas por aqui! :heart_eyes:


#16

Aprendendo sempre!!! É essa a beleza do artesanato!!!


O que você gostaria de ver na comunidade?
#17


Amores o Crochê Brasil esta no Instagram!
Agora vc pode seguir e convidar todo mundo pra seguir também!


#18

Meninas achei esse vídeo lá no meu canal. Já tem um tempinho que gravei, mas pode ajudar vcs!
Assistam e se possível curtam o vídeo!
beijinhoxx


#19

Tenho poucos clientes e muitos consumidores no croche, quero fidelizar -los mais ainda achei a fórmula certa pra isso. As vezes me sinto triste por isso, Mais espero aprender maia com vocês aqui.


#20

Não é fácil, mas conseguimos. Demorei a criar minha clientela e hj é mais fácil , mas muito mais que preço precisamos personalizar e conversar com o cliente sobre expectativas e realidade. Mesmo que sumam por um tempo por conta de crise e outros, sempre vão te procurar.